PR4 - TRILHO AZEVIM - SANTUÁRIO DA PENEDA

 

Este percurso designa-se por trilho da Peneda, mas com saída e chegada à Bouça dos Homens. Apresenta uma dificuldade média pelos seus 13km de extensão. A saída da Bouça dos Homens é por asfalto e assim se mantém durante um quilómetro, sempre a descer. Chegando à estrada, entra-se no trilho da Peneda que é a subir.

Grande parte do trilho da Peneda, apresenta o piso empedrado, fazendo parte da rota que os moradores, do lugar da Peneda, faziam aquando da transumância para a branda Bouça dos Homens (deslocamento sazonal dos animais para locais que ofereciam melhores condições durante determinada época do ano).

Ao longe já ficou a Bouça dos Homens.

Em algumas zonas encontrarão o piso em terra, mas são poucos os metros em que tal acontece.

Depois de uma pequena subida, inicia-se a descida para o Santuário da Peneda.

O trilho continua com piso empedrado e com algumas zonas em terra. A flora é abundante e oferece uma beleza ímpar à paisagem.

O final do trilho empedrado termina num largo em terra cujo terreno está fechado com uma cancela ou uma vedação. Ao ultrapassar a vedação, é preciso deixá-la sempre fechada, para proteger o gado.

Os últimos metros da descida são por estrada, até entrar no lugar da Peneda. Aqui podem visitar o majestoso Santuário de Nossa Senhora da Peneda.

Na Peneda, há um hotel com restaurante, vários snack-bares e lojas com louça e produtos locais, tal como o mel. Há também várias fontes para abastecer as garrafas! Continuem a subir até às Alminhas da Sra. da Guia, onde há uma fonte da qual podem beber ou encher as garrafas.

Para abandonar a Peneda, dirijam-se ao trilho empedrado, mesmo junto ao queimador de velas do Santuário. Os primeiros metros tem um desnível bastante acentuado, em sentido ascendente.

Subindo por este trilho, encontra-se a rocha da Meadinha. Com mais de 50 vias, é um paraíso para os escaladores. Aí é habitual ver alguns pendurados.

Pela metade da subida, encontramos o lago da Peneda, vulgarmente denominado por pântano da Peneda, com uma imponente rocha no meio, contadora de lendas. Este é um ótimo local para mais uma paragem. Aqui, antes de iniciarem o último trajeto até à Bouça dos Homens, podem banhar-se no verão, lanchar sentados e apreciar a paisagem envolvente.

Deixando o pântano, continuem a subir. À medida que se afastarem, encontrarão novos pontos de vistas, igualmente belos.

Grande parte deste trilho realiza-se por caminhos empedrados. O piso não é constante, sendo necessário ter atenção a este detalhe.

No final da subida, já se conseguirá ver a Bouça dos Homens, o vosso destino. Mas, antes é preciso fazer a última descida, também esta por um trilho empedrado, com zonas de muito desnível.

O final do caminho empedrado termina na estrada, onde terão uma pequena subida pelo asfalto, para entrarem novamente noutro caminho de acesso à branda.

Os últimos metros são feitos em caminho de pedras e alguma água, para finalmente chegarem à entrada da branda da Bouça dos Homens.

Podem seguir o trilho através do link presente na página Wikiloc:

https://pt.wikiloc.com/wikiloc/spatialArtifacts.do?event=setCurrentSpatialArtifact&id=48180374

Ou transferir o ficheiro:

Casa do Azevim | Alojamento Local 

Bouça dos Homens, Gavieira, Arcos de Valdevez 

Parque Nacional de Peneda-Gerês

E-mail: casa.azevim@gmail.com

+351 939 434 207 | +351 936 095 525